Páginas

8 de outubro de 2012

À descoberta de Marvão - História e Cultura

Tal como já tínhamos referido, recebemos da Associação de Jovens de Marvão (Maruan) a proposta de uma visita para assinalar três efemérides: Dia Mundial da Arquitectura (3 de Outubro), Implantação da República Portuguesa (5 de Outubro) e Dia Nacional dos Castelos (7 de Outubro). Agendada para hoje, discutida em Conselho Pedagógico e negociada com os docentes de História, foi dinamizada por Gil d´Andrade Fernandes e envolveu as turmas de 5º, 6º, 8º e 9º anos da EBI c/JI Dr. Manuel Magro Machado e 7º e 9º anos da EBI c/JI de Ammaia.
Transportados pelo Município de Marvão, a quem agradecemos mais esta parceria, os alunos chegaram a Marvão durante a manhã.
 
Encontrámos a vila ainda repleta de vestígios do recente festival Al Mossassa!
 
O ponto de encontro definido por Gil Fernandes foi o Museu Municipal.
 
No interior do museu, recorrendo a uma recente e belíssima aplicação interactiva, o Gil fez uma breve retrospectiva histórica, referiu a importância de Marvão como praça militar e apresentou a evolução / aperfeiçoamento da estrutura de Marvão.
  
(A belíssima aplicação interactiva que está ao dispor dos visitantes deste museu.)
 

Já no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Gil apelou à interpretação de uma lindíssima tapeçaria proveniente da conceituada Fábrica de Manufactura de Tapeçaria de Portalegre. Está aqui representada a conquista da vila de Marvão aos mouros por D. Afonso Henriques.
 
 Caminhámos sobre a calçada medieval.
 
Fomos encontrar a Casa de José Carrilho Videira.
 
A placa explica a importância histórica deste marvanense.
 
Seguimos para o Largo do Espírito Santo - Travessa da Cadeia, onde o Gil chamou a atenção para uma janela manuelina, para a Igreja do Espírito Santo, para a Fonte do Concelho e Casa do Governador.
 
A paragem seguinte aconteceu em frente e no interior da Casa da Cultura. Houve tempo para uma breve análise arquitectónica: fachada do edifício, torre do relógio e tribunal.
 
Foi no interior da Casa da Cultura, na sala onde decorre a Feira do Livro, que o Gil fez uma apresentação sobre a República Portuguesa.
 
Ao longo de todo o percurso os alunos recolheram informação para responder a um guião elaborado pelo Gil. Posteriormente elaborarão trabalhos diferentes, os quais serão depois expostos em local ainda a definir, podendo a escolha incidir sobre o Museu Municipal ou a Casa da Cultura.
 
Agradecemos ao Gil e à Associação de Jovens de Marvão toda a disponibilidade, bem como esta obra para a nossa Biblioteca Escolar!
 
Para além dos agradecimentos já feitos, a professora bibliotecária agradece igualmente aos docentes que acompanharam as turmas nesta iniciativa, sem os quais não teria sido possível a deslocação a Marvão:

Alzira Varela
Ana Reis
Fernanda Guerra
Gilberto Rocha
Olímpia Nabo
Susana Serra



Sem comentários:

Enviar um comentário